Desiderata e Associação Samaritano fazem parceria para enfrentar a obesidade infantojuvenil

A Associação Samaritano é a mais nova parceira do Instituto Desiderata no combate à obesidade infantojuvenil. A organização, que apoia projetos voltados para a promoção à saúde e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis, vai financiar parte da área de Obesidade do Desiderata com um aporte de 1 milhão e dezenove mil reais distribuídos ao longo de três anos.
A obesidade infantojuvenil é uma doença que afeta 124 milhões de crianças e adolescentes no mundo todo. Atualmente, 1 em cada 3 crianças brasileiras estão com sobrepeso ou obesidade. A expectativa da Associação Samaritano é que criar iniciativas que contribuam de maneira significativa para a mudança desse cenário.
“Estamos estimulados a construir uma iniciativa que possa, futuramente, ser a referência brasileira no combate a um tema tão relevante para a saúde pública, globalmente e no Brasil. O problema da obesidade infantil é silencioso, porém requer senso de urgência por parte dos diversos atores envolvidos e da sociedade civil. A história do Desiderata na construção de uma política de sucesso no enfrentamento do câncer infantil e sua inestimável contribuição às crianças e famílias do Rio de Janeiro são muito inspiradoras, o que nos deixa ainda mais animados com essa parceria”, diz Thais Junqueira, superintendente da Associação Samaritano.
O Instituto Desiderata passou a atuar no combate da obesidade infantojuvenil em 2019, tendo como eixos estratégicos a Organização da Linha de Cuidado, Capacitação de profissionais de saúde, Advocacy, Levantamento de Dados e Disseminação de Conhecimento e Comunicação. Entre as atividades previstas para este ano, estão a organização de um fluxo que oriente o acompanhamento de crianças e adolescentes com obesidade, ações de comunicação voltadas para profissionais de saúde e sociedade em geral e desenvolvimento de ferramentas inovadoras para a contenção dos índices. Ainda neste semestre, teremos o lançamento de uma campanha de comunicação voltada para o tema e um hackaton para a busca de uma ferramenta de monitoramento dos casos.
Para a diretora executiva do Instituto Desiderata, Roberta Costa Marques, o apoio de uma instituição como a Associação Samaritano tem uma importância estratégica. “Não só porque é raro haver instituições que apoiem o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para a saúde no Brasil, como pela duração do apoio, fundamental para que se desenvolvam ações de longo prazo. Contar com o reforço de uma instituição de referência, que é reconhecida por sua contribuição à saúde no Brasil, é determinante para alcançarmos os resultados que almejamos”, ressalta.
Conheça mais e acompanhe nossos projetos na área de Obesidade Infantojuvenil em nosso site.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *