Jovens Líderes em Diabetes: despertar o sorriso em cada um é o que vale

Outra turma que merece destaque por sua atuação no Acampamento ADJ-Unifesp é a dos Jovens Líderes em Diabetes (JLD). Eles participam do acampamento desde a primeira edição do curso que já está caminhando para a 11ª. Neste ano estiveram em nosso acampamento 19 brasileiros, entre os veteranos e os que estão em fase de estágio, além de 3 estrangeiros.

Alexander Lopes Matos Jr está em sua quarta temporada como Jovem Líder em Diabetes da ADJ. “Eu não tenho diabetes. Comecei a fazer o curso de Jovens Líderes para ter mais conhecimento e poder ajudar a minha irmã que tem diabetes. Mas depois que conheci o projeto e participei, percebi que seria um desperdício ter tanta informação e preparo para ajudar apenas a minha irmã. Quis então passar esse conhecimento para o máximo de pessoas que conseguisse. Faço esse trabalho com muito amor e carinho. Ajudo e cuido de cada acampante como se fosse minha irmã. Eu amo estar lá. Ver o sorriso de cada um, o agradecimento de cada pai. É o que vale. Dinheiro nenhum paga isso. É maravilhoso.”

Rafaela Escalona, também tem experiência no assunto. Ela que tem 18 anos e  DM1 há 16. Esteve no Acampamento da ADJ uma vez como acampante e já é a terceira como Jovem Líder. Para ela o acampamento é um lugar incrível de aprendizagem, de ensinamento e de felicidade. “É um lugar mágico tanto para quem vai como acampante quanto para quem vai como profissional. Lá me divirto muito. Sei que eu estando feliz e com sorriso no rosto, com certeza absoluta todas as crianças vão estar também. Lá a gente muda muito e para melhor. Aprendemos como nos alimentarmos, como fazermos aplicação, sobre a importância do rodízio, etc.”

Quem foi pela primeira vez como JLD no acampamento ADJ-Unifesp foi Laís de Carvalho e Lima. Ela tem 17 anos e é Jovem Líder em Diabetes da ADJ em formação. Como tem diabetes, Laís já esteve no ADJ-Unifesp anteriormente, mas como acampante. “O acampamento representa, para mim, um lugar onde eu posso aprender, ensinar e também trocar experiências. Lá é minha casa, é onde eu me sinto confortável em estar o tempo todo e integralmente. É o lugar em que eu conheço pessoas que tem a mesma condição que eu. Lá ter diabetes é regra e não exceção. Foi onde eu aprendi a aceitar o meu diabetes, que eu entendi que ter diabetes não é um problema e que não preciso ter vergonha disso.” Laís conta que durante a temporada esteve sempre muito animada, divertida e brincalhona e que conversar foi a estratégia principal para se aproximar e auxiliar os acampantes.

Quer saber mais sobre o Treinamento de Jovens Líderes em Diabetes da ADJ? Envie um e-mail para: adj@adj.org.br ou ligue: (11) 3675-3266 Ramal 11.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *