Controlar Sempre – Complicações

Por que é tão importante controlar o diabetes?

Controlar 376x260Além dos sintomas já mencionados nos capítulos anteriores, o diabetes é uma condição progressiva, que tem grande impacto na saúde de órgãos vitais de nosso corpo.
Ícone_188x188
Controlar o diabetes de forma adequada tem por objetivo evitar complicações bem sérias como as doenças cardiovasculares, a hipertensão, a insuficiência renal, a perda de visão e até a amputação de membros.

Graças ao conhecimento acumulado ao longo dos anos e dos recursos desenvolvidos pela medicina, é possível hoje fazer um controle efetivo do diabetes, com qualidade de vida.

Informe-se, aprenda a se cuidar corretamente e não deixe nenhuma dúvida sem esclarecimento.

 


 

Coração e Cérebro

O diabetes altera a capacidade do organismo de processar as gorduras, levando à formação de placas nos vasos sanguíneos, também conhecida como aterosclerose. Com o entupimento das coronárias, artérias que irrigam o coração, ou das artérias cerebrais, que levam sangue até o cérebro, aumentam bastante as chances de um infarto ou de um acidente vascular cerebral (também conhecido como derrame).

Olhos

O diabetes também leva ao estreitamento progressivo das paredes dos vasos sanguíneos dos olhos, podendo até bloquear a passagem do sangue até a retina, onde são formadas as imagens. Com o enfraquecimento desses vasos, aumentam as chances de hemorragias.

Conhecida como retinopatia diabética, pode levar à perda parcial ou total da visão.

Olho

 

Rins

16249904279_c303628003_b-(1)eLife---the-journal-on-VisualHuntA glicose reage com as proteínas do nosso corpo. Se os níveis de açúcar no sangue permanecem elevados, essas proteínas vão se acumulando nos vasos sanguíneos dos rins e aumentando a porosidade dos néfrons*, que deixam escapar proteínas importantes pela urina. Esse processo, no início, chama-se microalbuminúria, que pode evoluir para uma doença renal crônica.

Com a exposição prolongada a altos níveis de açúcar e a combinação de outras condições como a hipertensão, os rins vão perdendo a capacidade de filtrar o sangue e de eliminar outros resíduos produzidos pelo organismo como a ureia e creatinina.

*Néfron (estrutura do rim responsável por filtrar o sangue).

 


 

Sistema Nervoso

Sistema Nervoso

Os nervos periféricos também são afetados pelo diabetes. No começo, há uma sensação de adormecimento e formigamento nas mãos e nos pés. Nos casos mais graves, a pessoa perde a sensibilidade e a capacidade de sentir dor, o que exige mais atenção em ferimentos.

Função sexual

Pessoas com diabetes mal controlado podem apresentar algum tipo de disfunção sexual, independentemente da idade. Nos homens, pode ocorrer disfunção erétil e, nas mulheres, as queixas de falta de lubrificação vaginal costumam ser frequentes.

Controlar bem a glicemia é o primeiro passo para tratar essas disfunções: siga corretamente a medicação prescrita por seu médico, tenha uma alimentação saudável e pratique exercícios, sempre com orientação profissional.

Cuide-se por inteiro_350x600

Cuide-se por inteiro

Icones_ADJ_2Importante: Se você acabou de receber o diagnóstico do diabetes, lembre-se de que cuidar de suas emoções é tão importante quanto monitorar a sua glicemia, tomar os medicamentos corretamente ou contar os carboidratos de sua alimentação.

Especialistas estimam que cerca de 20% dos portadores de diabetes, sejam do tipo 1 ou do tipo 2, podem apresentar algum grau de depressão.  A causa ainda é desconhecida, varia de paciente para paciente, e pode vir de fatores psicológicos, físicos e até genéticos.

Qualquer que seja a causa, sempre busque o apoio da família e a ajuda de profissionais.