Dia Mundial do Diabetes – Testes de Glicemia Gratuitos no Metrô República

 

De acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), 7,7% da população adulta brasileira foi diagnosticada com diabetes em 2018, o que representou aumento de 40% em relação ao ano de 2006, 5,5%. As mulheres apresentam maior percentual de diagnostico com 8,1%, do que em homens 7,1%. Com cerca de 16 milhões de pessoas com diabetes, segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o quarto país em número de pessoas com a condição no mundo.

Para chamar a atenção sobre a gravidade da epidemia e gerar conscientização sobre a importância do diagnóstico e do tratamento precoces, a ADJ Diabetes Brasil promove campanha de detecção de diabetes no Mezanino C do Metrô República, entre os dias 11, 12 e 13 de novembro, das 10h às 17h. Se as pessoas apresentarem resultados alterados da glicemia, acima de 99mg/dL (jejum) e de 140mg/dL (2 horas após refeição ou aleatório) serão encaminhadas para o balcão de orientação no próprio evento e recebem informações básicas sobre o diabetes e orientadas a procurar um serviço de saúde.

Além disso, haverá no mesmo espaço, um desfile de pessoas com diabetes tipo 1 ou 2 de várias faixas etárias, no dia 13 de novembro entre 11h às 13h. A ação é uma iniciativa da Fabiana Couto, fundadora do movimento Divabética, que tem o intuito de mostrar à sociedade que as pessoas com diabetes, que realizam o tratamento adequado, têm uma vida normal, autônoma, independente e podem ser felizes, independentemente da condição.

Outra iniciativa é direcionada no dia 9 de novembro. A ADJ realizará o Passeio Descida da Estrada Velha de Santos, que reunirá pessoas com diabetes e seus cuidadores. O objetivo é mostrar aos participantes que a família desempenha um papel fundamental no processo de aceitação do diabetes e este não deve ser motivo de desestruturação familiar, pelo contrário, pode ser decisivo na escolha de uma vida mais saudável para todos. Mas é preciso achar o ponto de equilíbrio entre amor e limites, e assim colaborar para o desenvolvimento do senso de responsabilidade frente ao tratamento, facilitando o processo de independência inerente a todo ser humano.

As ações terão envolvimento da equipe de colaboradores da ADJ. Para a realização destas ações, a ADJ Diabetes Brasil conta com o patrocínio da Astrazeneca, Bayer, BD, Boehringer, Merck, Novo Nordisk, Roche e Takeda e o apoio do Metrô e movimento Divabética.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *